Tudo chega no Tempo certo.

Para sermos líderes da nossa vida, precisamos primeiro ser humanos com os nossos sentimentos.

Todos nascemos para nos apaixonarmos! Por alguém ou por alguma coisa, mas acima de tudo por nós mesmos – pela Vida!

Não nos podemos esquecer de ser quem somos e de ter a coragem de deixar para trás tudo o que não nos leva para a frente – no propósito interno que é sermos simplesmente, na consciência plena da amplitude de todo o nosso espectro. Não basta acordar. É preciso despertar!

É muito fácil, para a nossa zona de conforto (a nossa mente), ocuparmos a nossa vida a fazer tudo aquilo que achamos ser o correto e que está de alguma forma confortável com o que os outros vão pensar de nós. Quando não estamos a seguir o nosso próprio guião (a nossa verdade), sentimos a vida desconectada do que internamente sentimos.
Há uma parábola que diz assim:

“Havia um importante trabalho a ser feito, e TODOS sabiam que ALGUÉM o faria. QUALQUER UM o poderia ter feito, mas NINGUÉM o fez. ALGUÉM se zangou porque era um trabalho de TODOS. Mas TODOS pensaram que QUALQUER UM o poderia fazer, mas NINGUÉM imaginou que TODOS não o fizessem. No fim, TODOS culparam ALGUÉM, quando NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito.”

Quando o corpo Terra aceita largar o controlo e assume o seu Fogo interno, a consciência do Ar transporta-o com o amor da Água num mergulho do profundo desconhecido a olho nu. Nós somos um conto em desenvolvimento – tanto somos o autor como o leitor, tudo de uma só vez! Cabe a nós a escolha de sermos efetivamente felizes ao longo do Caminho da Vida.

Li algures: “Não faz mal ter medo. Por vezes precisamos enfrentar o desconhecido e correr riscos não calculados – sentir o entusiasmo enquanto nos preparamos para um salto de fé. O espírito está presente e por isso ele nos convida a colocarmos o medo de lado. É tempo de expressarmos o nosso verdadeiro Eu. Escutar o coração e a alma e não a nossa cabeça. Aí encontraremos os verdadeiros milagres.”

Tudo no Tempo certo nos processos de cada um.
Pela Verdade do Ser, e Honestidade do Sentir, sempre!

OUTROS ARTIGOS

Share This